Flamengo pega empréstimo de R$ 3 milhões para quitar salários

Por ESPN em
Pedro Martins/Agif/Gazeta Press

Eduardo Bandeira de Mello foi quem solicitou a ação 

Após reunião do Conselho de Administração do Flamengo realizada na noite desta segunda-feira, foi aprovado, por unanimidade, um empréstimo de R$ 3 milhões do Banco Brasil Plural. O vice-presidente de finanças do clube rubro-negro, Cláudio Pracownik, é sócio minoritário e diretor executivo da empresa, com 2% das ações.

A solicitação foi feita pelo presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, com o objetivo de quitar o salário do mês de agosto do departamento de futebol. O atraso se deve a acerto de parcela com a Viton - um dos patrocinadores do clube da Gávea - que estava sem o pagamento efetuado.

A expectativa é que o empréstimo seja liberado em, no máximo, 15 dias. A diretoria terá o prazo de um mês para pagar ao banco a quantia. No contrato, foi estabelecida uma taxa de 0,5% de colocação e juros de 145% do Certificado de Depósito Financeiro (CDI).